Queridos convido à Todos para que visitem a

 Loja Virtual do Portal Cícero-Cultura!

Um Ambiente Totalmente Seguro onde poderão

realizar Bons Negócios!

Aguardo Vocês nesse Espaço Mágico de Compras!

 

 

 

 

 Ingrato, o nosso idioma, e por isso mais fino

o triunfo verbal que ao público extasia:

vulva frêle et navrée, num lance cristalino,

expõe-se, esplendorosa, em sua plena magia.

 

Palmas ao tradutor, esforçado xavante,

guarani culto e sábio ou famoso tupi,

mestre no deglutir, em quarteto e terceto,

 

o sol, o sal, a cor que iguais eu nunca vi,

embora o nosso herói se confesse ofegante

depois de haver parido um alheio soneto.

 

Carlos Drummond de Andrade

 

 

 

 

Le grand inconvénient de la vie réelle et ce qui la rend

insupportable à I'homme supérieur, c'est que ,si I'on y

transporte les principes de I'idéal, les qualités deviennent des

défauts, si bien que fort souvent I'homme accompli y réussit

moins bien que celui qui a pour mobiles I'égoïsme ou la routine

vulgaire.

 

Marc-Auréle

Translate this Page




ONLINE
2





Partilhe este Site...



Colabore com o Projeto

Cícero-Cultura...

Doe Qualquer Valor!

 

 

 

 

 


Maria José Dupré
Maria José Dupré

 

O livro “A montanha Encantada” é um infanto-juvenil da escritora brasileira Maria José Dupré (1898 – 1984), publicado em 1945 e ainda reeditado até os dias de hoje. Foi desse livro que se originou a série de aventuras dos cachorros Pingo e Pipoca, sendo escrito em seguida as obras “Cachorrinho Samba” e as aventuras de “A Ilha Perdida”.  

A montanha Encantada” está dividida em dezoito capítulos e conta a história de cinco jovens que curtem uma aventura nas férias.

 
 

A Montanha Encantada - Maria José Dupré

 

 

Resumo de A Montanha Encantada

Livro A Montanha Encantada

Durante mais uma temporada de férias na fazenda do Padrinho, as crianças Vera, Lúcia, Cecília, Quico e Oscar se envolvem uma aventura cheia de fantasia e mistério. Eles ficam curiosos sobre uma estranha luz que aparece no cume de uma montanha, que eles chamam de Montanha Encantada, próxima da fazenda, e decidem descobrir o que é. Com a autorização do Padrinho os cincos correm para uma excursão até a montanha. 

Durante o percurso eles ouvem uma música misteriosa que faz com que fiquem ainda mais curiosos. Ao chegar no topo da montanha eles acidentalmente caem em um buraco que os leva para um mundo desconhecido. Eles avistam uma casa onde moram alguns anões e depois descobrem que na verdade era uma cidade de anões. Neste local tudo é feito de ouro e rubi, inclusive as roupas. Ali eles descobrem o mistério da luz da Montanha Encantada.


Sobre a autora

Maria José Dupré (1898 – 1984), nasceu na cidade de Botucatu, interior do Estado de São Paulo. Descendente de uma família de fazendeiros tradicionais, aprendeu a ler com a mãe e seu irmão. Interessou-se pelas artes, música e pintura. Durante a adolescência se mudou para a capital paulista, onde se formou como professora. Depois de formada se casou com Leandro Dupré, um engenheiro, e após o casamento se dedicou integralmente à literatura.

Seu primeiro livro de título “O Romance de Teresa Bernard”, foi publicado em 1941, na mesma época em que as mulheres ganhavam espaço na literatura brasileira. Ela alcançou sucesso com a obra “Éramos Seis”, em 1943, que ganhou adaptações para o cinema e televisão. Sua primeira obra voltada ao público infantil foi “A Montanha Encantada” publicada em 1945. Em 1946 publicou “O Cachorrinho Samba”, com personagens que se tornaram famosos na literatura infanto-juvenil brasileira.

topo